Sobre o Implante capilar FUE

O Implante Capilar FUE, é o método de Implante Capilar que mais cresce no mundo. É um procedimento menos invasivo, de cicatrização muito mais rápida e que não deixa cicatrizes no couro cabeludo.

Diferente do método tradicional, conhecido como FUT, o FUE retira os folículos capilares, que são como as raízes dos fios, um por um. Reduzindo além do tempo de cicatrização, a chance de obter uma cicatriz permanente no couro cabeludo.

Para quem sofre com queda de cabelo excessiva, esta técnica possibilita a realização de sessões de transplante capilar FUE em um espaço menor de tempo. Ainda oferece um acabamento mais sofisticado se comparado ao método tradicional FUT.

O que é FUE?

FUE, originário do termo Follicular Unit Extration, consiste em uma técnica de transplante capilar onde o cirurgião retira os folículos pilosos em unidades transplantando-os um a um ou em grupos de até três por vez.

Este método é mais minucioso e evita o aparecimento de cicatrizes, consequência bem comum em transplantes capilares do método FUTFollicular Unit Transplant, onde uma faixa do couro cabeludo é retirada.

Esta incisão pode chegar a medir 30 centímetros de comprimento e deixa uma marca aparente que é coberta pelos cabelos posteriormente.

Em ambas as técnicas os folículos são retirados do próprio paciente. Aproveitam áreas que se encontram saudáveis para serem transplantados nas áreas carentes de cabelo.

Como funciona?

Para realizar o procedimento FUE é utilizado um micropunch que tem entre 0,7 e 1,2 milímetros para fazer a incisão ao redor do folículo e retirá-lo no sentido do crescimento do pelo separando-o do couro cabeludo.

Após separá-los com uma pinça, estes folículos são implantados nas áreas calvas. Todos estes procedimentos são feitos com o auxílio de uma lente de aumento para que haja mais precisão nas incisões.

Estas pequenas lesões são minúsculas, por isso uma das vantagens do método de FUE é que a cicatrização é extremamente rápida e não há a necessidade de dar pontos no local. Cicatrizes também são evitadas com o FUE, diferente do procedimento mais tradicional conhecido como FUT.

Porque é indicado

O método de transplante capilar FUE tem crescido exponencialmente no Brasil e no mundo afora para pacientes homens e mulheres com problemas de calvície, alopecia, entre outros fatores que causam a queda de cabelo, devido sua recuperação rápida e os resultados finais do procedimento serem esteticamente mais sofisticados.

Por ser um processo mais minucioso, requer uma habilidade maior por parte do cirurgião que deve ter prática e técnica acentuada para esta execução.

Por este motivo o método FUE pode ter um valor mais alto do que a técnica de transplante mais tradicional conhecida como FUT. Mas é mais indicado para pacientes que procuram um método de recuperação mais rápido e com estética mais aprimorada.

Com o FUE é possível, caso seja do desejo do paciente, o uso do cabelo raspado, já que não há consequência de cicatriz na região do couro cabeludo.

Quais vantagens do FUE

– Método mais sofisticado

– Sem consequência de cicatrizes

– Recuperação e cicatrização mais rápidas

– Podem ser realizadas sessões em menor espaço de tempo

– Pode-se utilizar fios de cabelos de outras regiões do corpo como tórax, braço, etc.

Diferenças entre FUE e FUT

A principal diferença entre FUT e FUE é que no método FUE os folículos pilosos são retirados em unidades ou em quantidade muito reduzida se comparada ao método FUT. Neste segundo, uma grande faixa de folículos é retirada de uma única vez e sua grande desvantagem é a consequência de uma cicatriz visível.

Recuperação FUE X FUT

Outra diferença entre os métodos é o tempo de recuperação.

No transplante de cabelo FUE leva apenas alguns dias para sua completa cicatrização, já que as incisões feitas no procedimento são minúsculas. Enquanto no procedimento de FUT, são cerca de 8 meses de recuperação. Lembrnado que, o paciente tem que esperar este período caso deseje realizar outra sessão de transplante capilar.

Vantagens

No FUE se pode utilizar a mesma área doadora de folículos diversas vezes. Já que as incisões são individuais e feitas com mais precisão, a elasticidade do couro não sofre grandes lesões. Já com a técnica FUT, a área doadora não pode ser utilizada por mais de 4 vezes. Uma vez que, sua elasticidade fica progressivamente comprometida a cada retirada de faixas de folículos.

Uma das vantagens do transplante capilar FUE é que outras áreas do corpo podem ser utilizadas como doadoras, incluindo braços, tórax, áreas pubianas, entre outras, já que não há a consequência de cicatrizes. O que não ocorre com o FUT, por isso não é recomendável realizar transplante com método FUT em áreas do corpo mais expostas.

O procedimento FUE também possui suas desvantagens.

Como a técnica é muito minuciosa, se leva muito mais tempo para realizar o transplante, caso a sessão seja grande será necessária a presença de mais cirurgiões para trabalhar no processo.

Caso não exista a possibilidade então será necessária a realização de diversas sessões para cobrir grandes regiões afetadas pela calvície.

Devido a estes fatores, o custo com o método FUE acaba sendo maior já que serão necessários mais cirurgiões ou mais sessões para cobrir toda a área desejada. No método tradicional FUT, a diferença é, em uma única sessão é possível transplantar uma grande quantidade de folículos, dispensando a necessidade de sessões posteriores.

Implante Capilar FUE e Transplante Capilar FUE em São Paulo – SP

Está procurando um cirurgião especialista em procedimentos capilares, agende uma consulta com o Dr. Julia César Yoshimura.

O Dr. Yoshimura vai te ajudar a entender qual o melhor procedimento e técnica para seu cabelo. Conheça também a nossa clínica capilar.

Atendemos e realizamos nossos procedimento de implante capilar FUE em São Paulo SP e região. Visite nosso consultório:

Avenida Brasil, 399
Cep. 01431-000
Jardim América, São Paulo – SP